Romário terá de pagar R$ 408 mil de aluguéis atrasados no Lago Sul


A 7ª Vara Cível de Brasília do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) condenou o ex-jogador e senador Romário (Podemos-RJ) ao pagamento de R$ 408 mil referentes a 14 meses de aluguéis atrasados da mansão onde o parlamentar morou no Lago Sul. A decisão é de primeira instância e cabe recurso.

A ação foi movida em 2016 pela Fashion Park Empreendimentos Imobiliários, proprietária do imóvel locado pelo ex-atleta, na QL 24 do Lago Sul. Em 12 de agosto deste ano, o juiz Luciano dos Santos Mendes julgou procedente a cobrança feita pela empresa contra o parlamentar e seus fiadores, Silvio Antônio Ferreira e Temístocles Grossi. Leia aqui a íntegra da sentença.

Romário morou na casa de 2012 a 2016 e pagava, inicialmente, R$ 26 mil mensais pela locação da residência. No entanto, a partir de agosto de 2015, o valor foi reajustado para R$ 35 mil. Segundo o processo, desde a correção, o ex-jogador pagou apenas dois aluguéis até deixar o recinto, em dezembro do ano seguinte.

Na decisão, o magistrado ainda estabelece que sejam demolidos o píer e o campo de futebol profissional construídos pelo ex-jogador na mansão. A defesa do congressista já recorreu. 

A mansão onde morou no Distrito Federal foi uma das atingidas pela desobstrução da Orla do Lago Paranoá, na gestão de Rodrigo Rollemberg (PSB). A antiga moradia também foi alvo de bandidos em, pelo menos, duas oportunidades, nos anos de 2015 e 2016. Os proprietários colocaram a casa à venda depois que o tetracampeão mundial pela Seleção Brasileira deixou o imóvel.

Em nota, a empresa Fashion Park Empreendimentos Imobiliários Ltda., proprietária do imóvel onde Romário viveu por quatro anos, informou que, antes de ingressar com ação judicial, “tentou por inúmeras vezes receber o débito de forma amigável, porém nunca logrou êxito”. “Estamos satisfeitos com a sentença proferida pelo D. Juízo da Sétima Vara Cível de Brasília, confiantes que a mesma será mantida nas esferas superiores, por espelhar a justiça que buscamos há tanto tempo”, acrescentou.

Brasília Justiça

Artigos Recentes

10 outubro, 2019
Os 300 milhões de reais de Lula

As provas fornecidas pelo próprio Marcelo Odebrecht são devastadoras.

27 setembro, 2019
MPF pede que Lula vá para o regime semiaberto

O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta sexta-feira (27) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vá para o regime semiaberto.

25 setembro, 2019
Juiz nega justiça gratuita a Lula

O ex-presidente não queria pagar as custas processuais calculadas em apenas R$ 2,4 mil.

25 setembro, 2019
ONU é local onde muita gente ‘enxuga gelo, passa um pano’, diz Bolsonaro
em Brasil

Em entrevista ao SBT sobre seu discurso de hoje na Assembleia-Geral, Jair Bolsonaro afirmou que a ONU é um local onde “muita gente enxuga gelo, passa um pano”.