Lula xinga Moro de 'canalha' e 'mentiroso'


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu entrevista ao jornal argentino “Página 12” e chamou o ministro Sergio Moro de "canalha" e "mentiroso". O petista justificou ainda que não saiu do Brasil porque quer provar sua inocência.

“No dia em que eu parar de acreditar na Justiça, fico imaginando o que vou fazer. Não é porque um juiz [Moro] tenha sido um canalha que você deve julgar toda a Justiça por causa desse erro”.

Ainda segundo ele, o motivo de não ter saído do País foi a necessidade de provar que é inocente. “Eu poderia ter deixado o Brasil, mas vim aqui porque têm quatro pessoas que sabem a verdade sobre esses processos contra mim: eu, Deus, o juiz e o promotor. Eles sabem que mentem. E Deus e eu sabemos que estou com a verdade”, afirmou o ex-presidente.

Em outro trecho da entrevista, o líder petista criticou a imprensa televisiva, em especial a TV Globo. “Entre as principais notícias televisivas do Brasil, segundo pesquisa feita por um professor da UFMG, em pouco mais de um ano, são 80 horas falando mal do Lula. E, ao mesmo tempo, tem mais de 100 horas transformando um juiz mentiroso em um herói”, afirmou.

“Há dez anos, ela [Globo] conta mentiras sobre mim. Há uma grande pressão da imprensa brasileira, especialmente da Globo, para que Lula não saia da prisão. Porque o grande problema da operação Lava Jato é que ela deixou de ser uma operação de investigação de corrupção e se tornou um partido político”, completou o petista ao veículo.

Brasil

Artigos Recentes

10 outubro, 2019
Os 300 milhões de reais de Lula

As provas fornecidas pelo próprio Marcelo Odebrecht são devastadoras.

27 setembro, 2019
MPF pede que Lula vá para o regime semiaberto

O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta sexta-feira (27) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vá para o regime semiaberto.

25 setembro, 2019
Juiz nega justiça gratuita a Lula

O ex-presidente não queria pagar as custas processuais calculadas em apenas R$ 2,4 mil.

25 setembro, 2019
O que o Congresso ressuscitou na Lei de Abuso de Autoridade

Listamos todos os pontos da Lei de Abuso de Autoridade que foram ressuscitados pelo Congresso ao derrubar os vetos de Jair Bolsonaro