Anuncie

Derrota: Comissão retira COAF das mãos de Sérgio Moro

Adicionar aos favoritos
09 maio, 2019 Por Cristiano Lima

A Comissão mista que analisa a Medida Provisória que reorganiza os ministérios decidiu retirar, por 14 votos a 11, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) das mãos do ministro Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para o da Economia, Paulo Guedes. Governo tentará reverter decisão nos plenários da Câmara e do Senado.

A decisão é vista com preocupação por parte da bancada governista, uma vez que a função do COAF – que é o combate à lavagem de dinheiro – contribui de maneira significativa para o trabalho de ministro.

Moro, além de ex-juiz federal, é professor de direito processual penal e especialista em crimes financeiros. Essas qualificações o levaram ao Ministério da Justiça e Segurança Pública para aplicar pautas de combate a corrupção.

A decisão da comissão é vista como prejudicial para o trabalho do ministro, que perde uma ferramenta importante para a fiscalização de movimentações financeiras suspeitas.

Ciente da derrota, a base governista tentará reverter a decisão nos Plenários da Câmara e do Senado ainda hoje.

Os 14 parlamentares que votaram para retirar o COAF são:

Senador Rogério Carvalho (PT)
Senador Jean Paul Prates (PT)
Senador Ciro Nogueira (PP)
Senador Nelsinho Trad (PSD)

Senador Jayme Campos (DEM)
Deputado Valtenir Pereira (MDB)
Deputado Elmar Nascimento (DEM)
Deputado Célio Silveira (PSDB)
Deputado Arthur Lira (PP)
Deputado Marx Beltrão (PSD)
Deputado Alexandre Padilha (PT)
Deputado Luiz Carlos Motta (PR)
Deputado Camilo Capiberibe (PSB)
Deputado Subtenente Gonzaga (PDT)

Já os que votaram pela manutenção do COAF no Ministério da Justiça e Segurança Pública São:

Senadora Simone Tebet (MDB)
Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB)
Senador Antonio Anastasia (PSDB

Senadora Rose de Freitas (Podemos)
Senadora Selma Arruda (PSL)
Senador Randolfe Rodrigues (Rede)
Senador Alessandro Vieira (Cidadania)
Senador Otto Alencar (PSD)
Deputado Filipe Barros (PSL)
Deputado Diego Garcia (Podemos)
Deputado Daniel Coelho (PPS)

Escrito por

Cristiano Lima

Repórter O País


O País TV

Resumo do 3º dia da Marcha dos Prefeitos, realizada em Brasília.

XXII Marcha dos Prefeitos: Resumão

Prefeito Wiliam Winck, de Lindolfo Collor, fala sobre o Pacto Federativo

Prefeito Paulinho Pinheiro fala sobre as propostas apresentadas por Paulo Guedes

Dr. Barakat: Açúcar é droga e ninguém te aponta o dedo. Trigo também.

O que você precisa saber sobre o ciclo da depressão http://bit.ly/terapiaEurekk

Artigos Recentes

CAMINHONEIROS VÃO PARAR O BRASIL EM APOIO AO BOLSONARO

CAMINHONEIROS VÃO PARAR O BRASIL EM APOIO AO BOLSONARO

“O povo vai se levantar em favor do presidente para dar a ele salvo-conduto para fazer o que for necessário. (…) Nem que seja para fechar esse Congresso maldito e interditar esse STF”, diz o caminhoneiro''.

maio 19, 2019 Por Patrick Ignaszevski

26/05 - 50 CIDADES CONFIRMADAS

26/05 - 50 CIDADES CONFIRMADAS

Movimentos de rua organizam manifestações para todo o país no dia 26/05. Estão em pauta a defesa do governo de Jair Bolsonaro, Operação Lava Jato, Pacote Anti Crime do Ministro Sérgio Moro. 

maio 19, 2019 Por Patrick Ignaszevski

Ninguém precisa do MBL: População atende chamado de Bolsonaro e promete ir as ruas

Ninguém precisa do MBL: População atende chamado de Bolsonaro e promete ir as ruas

Manifestações são marcadas em todo o país para o dia 26 de maio, os atos estão sendo convocados pelas redes sociais e como pauta estão: Contra o autoritarismo do STF (Supremo Tribunal Federal), centrão (Rodrigo Maia) e em apoio ao pacote anti-crime

maio 17, 2019

Rumo à greve geral: Universidades vão parar no próximo dia 15

Rumo à greve geral: Universidades vão parar no próximo dia 15

Estudantes, professores e servidores prometem paralisar atividades

maio 11, 2019 Por Patrick Ignaszevski

Anuncie