Anuncie

Professores do DF são presos por fraude em concurso público


A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou hoje (28) a Operação Magister contra fraudes no concurso público da Secretaria de Educação. Seis professores da rede pública de ensino, nomeados no último concurso, são alvos de mandados de prisão.

Os policiais civis da Coordenação de Combate ao Crime Organizado, ao Crime contra a Administração Pública e contra a Ordem Tributária (Ceco) cumprem 11 mandados de prisão temporária e 12 de busca e apreensão em diversas regiões do Distrito Federal.

A Magister é a terceira fase da Operação Panoptes, que investiga a máfia dos concursos públicos e os grupos criminosos que se dedicam a essas fraudes no DF. De acordo com a Polícia Civil, os candidatos que compraram as vagas nos concursos também são alvo das investigações. O valor da vaga variava de acordo com o concurso e era, em média, até 20 vezes o salário do cargo.

Nas duas primeiras fases, 12 pessoas foram presas, suspeitas de aliciar os candidatos para a realização da fraude. Segundo a Polícia Civil, entre os presos estava Hélio Ortiz, considerado o líder do grupo.

De acordo com as investigações, a organização criminosa utilizava quatro formas de fraudes: uso de pontos eletrônicos por onde os candidatos recebiam as respostas; uso de aparelhos celulares deixados em locais da prova, como nos banheiros; utilização de identidades falsas, para que uma pessoa se passasse pelo candidato; participação de integrantes das bancas examinadoras na organização criminosa.

O nome da operação, Panoptes, tem como referência um gigante de 100 olhos da mitologia grega, pois seriam necessários muitos olhos atentos às fraudes em concursos públicos. Com informações da Agência Brasil.

28 mar 2018


Por Redação
Anuncie

Artigos mais lidos

‘Exagero de viado’: ‘castigo’ chega rápido para Ratinho após crime de homofobia

‘Exagero de viado’: ‘castigo’ chega rápido para Ratinho após crime de homofobia

Apresentador postou vídeo nas redes sociais falando sobre telenovelas da Rede Globo e acabou se dando mal.

janeiro 9, 2018 Por Redação

Edir Macedo se posiciona a favor do casamento gay, critica pastores, e alega: “Jesus faria isso”

Edir Macedo se posiciona a favor do casamento gay, critica pastores, e alega: “Jesus faria isso”

Muita gente se surpreendeu com as palavras do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record, nesta quarta-feira (12) aos 70 anos, ele disse que não tem nada contra pessoas homossexuais

julho 13, 2017 Por Lucas Medeiros

Tubarão que pode ter nascido em 1505 é encontrado vivo na Groenlândia

Tubarão que pode ter nascido em 1505 é encontrado vivo na Groenlândia

Se você já completou 30 anos e pensa que está se sentindo velho(a), espere até conhecer o tubarão centenário da Groenlândia.

dezembro 18, 2017 Por Redação

Anuncie